sexta-feira, 18 de junho de 2010

José Saramago - 16/11/1922 - 18/06/2010

É sempre estranho (sentir) perder alguém tão querido e tão próximo, mesmo que essa afeição e proximidade sejam feitas pela literatura, mas estendidas ao ser humano, que existe, escreve, deixa de existir.



http://www.josesaramago.org/

1 Comentários:

Blogger Felicidade Clandestina disse...

Nosliw,
obrigada pela visita em meu reino :)
seja sempre bem vindo meu caro.


abraços!

22 de junho de 2010 17:40  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial